Liberty Silver - Moedas de Prata sem IVA

Liberty_Silver_PT

Facebook BI

Terça-Feira,�26 deSetembro,�2017

Crónicas Fernando Braga de Matos

0 prémio Nobel da Paz liquida o inimigo público nº 1

Sexta, 13 Maio 2011 00:00

Fernando-Braga-de-Matos

Por Fernando Braga de Matos*

(Onde o autor, arregaçando a sua memória de elefante e mergulhando sem rede nos media norte-americanos, expõe umas ideias possivelmente curiosas sobre a eliminação de Bin Laden, a estatura política de Obama e a nossa inevitável e sempre apreciada teoria da conspiração).

   

"Soundbites" cheios de decibéis

Sexta, 29 Abril 2011 00:00

Fernando-Braga-de-Matos

Por Fernando Braga de Matos*

(Onde o autor oferece a sua ansiada visão sobre alguns eventos recentes, malhando a torto e a direito, enquanto deambula por sondagens e bancarrotas sortidas, reais ou imaginadas).

   

Secos e molhados

Sexta, 15 Abril 2011 00:00

Fernando-Braga-de-Matos

Por Fernando Braga de Matos*

(Onde o autor faz as suas escolhas da semana, no meio do alarido que percorre um país de cabeça perdida e rumo por encontrar, com os funcionários do FMI a vasculharem as contas e a tentarem perceber o desvario do nobre povo, nação valente, e da gente que o desgoverna).

   

O patriota

Sexta, 08 Abril 2011 00:00

Fernando-Braga-de-Matos

Por Fernando Braga de Matos*

(Onde o autor adjectiva esse grande artista português, José Sócrates, que consegue praticar com grande proficiência vários números de representação, agora num dos papéis em que se exorbita, o de patriota, em ponto de excelência idêntico ao inexcedível de vítima).

   

Sporting, PS, eleições e bloqueios

Sexta, 01 Abril 2011 00:00

Fernando-Braga-de-Matos

Por Fernando Braga de Matos*

(Onde o autor entende que nas eleições do Sporting e seu rescaldo podemos avaliar alguma das insuficiências dos portugueses em conviverem com os adversários, mas também as dificuldades de largarem objectivamente os pesados lastros do falhanço. E, no mesmo fim-de-semana, parte rumo ao PS socrático, este sempre no mundo da fábula, beligerância e crispação, exactamente aquilo que o País dispensa.)

   

E depois do adeus

Sexta, 25 Março 2011 00:00

Fernando-Braga-de-Matos

Por Fernando Braga de Matos*

(Onde o autor, um estrénuo defensor da estabilidade, como nesta sede sustentou até ao enjoo, anota que este é um momento péssimo para o despoletar da crise mas que o fim da linha chegou quando Sócrates decidiu abri-la ou fez o seu melhor para que isso acontecesse, sendo que, mesmo demitido, nele está também a chave do futuro, Arre!).

   

JPAGE_CURRENT_OF_TOTAL

AVISO: A informação contida neste website foi obtida de fontes consideradas credíveis, contudo não há garantia da sua exactidão. As opiniões aqui expressas são-no a titulo exclusivamente pessoal. Devido à variação dos objectivos de investimento individuais, este conteúdo não deve ser interpretado como conselhos para as necessidades particulares do leitor. As opinões expressas aqui são parte da nossa opinião nesta data e são sujeitas a alteração sem aviso. Qualquer acção resultante da utilização da leitura deste comentário independente do mercado, é da exclusiva responsabilidade do leitor.