Liberty Silver - Moedas de Prata sem IVA

Liberty_Silver_PT

Facebook BI

Domingo,�31 deMaio,�2020

CGTP

cesarneves_Destak

por João César das Neves*

A zanga pública entre as centrais sindicais, que já mete tribunais, é insólita mas pode ter vantagens para a CGTP. Compreende-se que, na pureza dos seus ideais socialistas, a Intersindical não consiga descer a negociar com o vil patronato e o Governo lacaio.

Compreende-se que, na pureza dos seus ideais socialistas, a Intersindical não consiga descer a negociar com o vil patronato e o Governo lacaio. Todos temos alguém a quem recusamos ceder e transaccionar.
O problema é que, para lá das posturas mediáticas, existem problemas reais e influentes.

A opção de abandonar a sala fica bem na fotografia mas deixa tudo em aberto. Tendo os seus representantes ficado de fora, os trabalhadores da CGTP são também afectados pelo acordo assinado ou, se não o for, por aquilo que o Governo legislar sozinho. Por isso a posição de virgem ofendida que a Central costuma ter na
concertação social, por muito justificada que seja, sai cara aos interesses dos membros.

O momento nacional é grave, e toda a indignação é perfeitamente compreensível. Mas depois de descarregar os nervos, é preciso voltar à vida e enfrentar a triste situação, como todas as suas indignantes circunstâncias. Mais, é preciso compreender que, se os sacrifícios são inelutáveis, há muitas maneiras de partilhar esses custos pelos vários grupos. Aí só aproveita quem estiver à mesa da negociação.

Os «dirigentes da CGTP-IN, não socialistas» que incentivaram João Proença da UGT a negociar o acordo (Antena 1, 19/Jan.) podem ter estragado a pose política da sua Central, mas contribuíram para a sua finalidade, mostrando que lá também há pessoas inteligentes e preocupadas com a vida real dos trabalhadores.

 

Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar


*João César das Neves é professor na Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais (FCEE) da Universidade Católica Portuguesa em Lisboa.

 

Publicado no Destak dia 25 de Janeiro 2012

 

 

 

Comentários (1)

Subscrever RSS deste comentário.

Exibir/Ocultar comentários.
Sindicatos e acordos na mesma frase e um insulto!
Primeiro os sindicatos nao negoceiam... Com eles it my way or the highway... Eu preferi semprevser eu a negociar os meus termos individualmente mas acredito que muitos nao saibam falar e precisem de quem fale por eles...
Agora, como jamais podem admitir que parte dos argumentos governamentais nao so sao verdadeiros como mais que logicos... amuam! como a crianca a quem nao se da o que ela quer... que e sempre TUDO!
Por mim... sou a favor de uma peticao para a compra de um "epa" para a CGTP... deem um geladinho ao menino...
Pode ser que se engasgue com a pastilha....
Midas , 28 de Janeiro, 2012

Escreva um comentário.


busy

AVISO: A informação contida neste website foi obtida de fontes consideradas credíveis, contudo não há garantia da sua exactidão. As opiniões aqui expressas são-no a titulo exclusivamente pessoal. Devido à variação dos objectivos de investimento individuais, este conteúdo não deve ser interpretado como conselhos para as necessidades particulares do leitor. As opinões expressas aqui são parte da nossa opinião nesta data e são sujeitas a alteração sem aviso. Qualquer acção resultante da utilização da leitura deste comentário independente do mercado, é da exclusiva responsabilidade do leitor.