Liberty Silver - Moedas de Prata sem IVA

Liberty_Silver_PT

Facebook BI

Quinta-Feira,�14 deNovembro,�2019

Crise e futebol

cesarneves_Destak

por João César das Neves*

A reacção nacional ao resultado da selecção constitui uma boa explicação para a nossa crise económico-social.

Dos 19 campeonatos mundiais da História, Portugal só esteve em cinco fases finais. Assim, antes de partir para a África do Sul, estes jogadores iam já à frente da maioria das gerações anteriores.

Ficámos em terceiro lugar em 1966, primeira vez que lá fomos, e em quarto em 2006, a última. Nas outras duas vezes, 1986 e 2002, falhámos na fase dos grupos. Assim, derrotados nos oitavos-de-final em 2010, conseguimos o terceiro melhor resultado de sempre. Além de fazermos a maior goleada deste campeonato e uma das maiores da história (houve apenas um caso de 10-1, dois de 9-0, três de 8-0 e quatro 7-0, incluindo este), cumprimos a velha regra.

Das três vezes em que passámos a fase de grupos, fomos sempre derrotados por um futuro finalista, a vencedora Inglaterra em 1966, França em 2006 e Espanha agora. Em resumo, somos uma das 16 melhores selecções do mundo, e sem o azar de enfrentar o campeão tão cedo, teríamos ido mais longe.
Que diz a maioria dos portugueses a isto? O desânimo, desilusão, mas também os palpites, críticas, raiva e agressão mostram um grave problema psicológico.

Não na equipe, mas no público. Saltando da euforia para o desalento, mostramos uma imaturidade e irrealismo infantis.

Felizmente que no campeonato económico da globalização essas tolices contam pouco. Mas não admira que estejamos em crise e que a maior parte do que se houve acerca dela sejam disparates simplistas e ilusórios como no futebol.

 

Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar


*João César das Neves é professor na Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais (FCEE) da Universidade Católica Portuguesa em Lisboa.

 

Publicado no Destak dia 15 de Julho 2010

 

 

 

Comentários (0)

Subscrever RSS deste comentário.

Exibir/Ocultar comentários.

Escreva um comentário.


busy

AVISO: A informação contida neste website foi obtida de fontes consideradas credíveis, contudo não há garantia da sua exactidão. As opiniões aqui expressas são-no a titulo exclusivamente pessoal. Devido à variação dos objectivos de investimento individuais, este conteúdo não deve ser interpretado como conselhos para as necessidades particulares do leitor. As opinões expressas aqui são parte da nossa opinião nesta data e são sujeitas a alteração sem aviso. Qualquer acção resultante da utilização da leitura deste comentário independente do mercado, é da exclusiva responsabilidade do leitor.