Liberty Silver - Moedas de Prata sem IVA

Liberty_Silver_PT

Facebook BI

Quinta-Feira,�14 deNovembro,�2019

Feriados

cesarneves_Destak

por João César das Neves*

Salvar o País implica reformas urgentes, vastas e profundas na administração pública, finanças, segurança social, justiça, educação, etc.

No Parlamento não aparecem propostas válidas e sérias nesses campos. Aliás, no que toca à crise, surgiu uma medida original: reduzir os feriados e cortar as pontes!

A justificação da política é falsa. Alegadamente, cortam-se feriados para aumentar a produtividade. Mas a produtividade não sobe por se trabalhar mais.

Pelo contrário, ela implica produzir mais trabalhando menos. Assim, a medida reduzirá a produtividade, explorando os trabalhadores. Apesar disso, o efeito produtivo será ridículo. Mesmo que se consigam mais 10 dias de trabalho por ano, isso equivale a cortar um intervalo para café de 19 minutos por dia.

Pior, a medida passa ao lado das causas e soluções da situação nacional. Aquilo que o Parlamento tem a fazer na crise é enfrentar interesses instalados, cortar benesses exageradas, aliviar a carga regulamentar, reduzir a despesa pública. Não é eliminar feriados.

A política nacional há anos que foge de políticas relevantes, se afunda em debates patéticos e se arroga o direito de mudar elementos civilizacionais, como a definição do casamento. Agora, em vez de cortar nos ricos, tira os feriados aos pobres.

Como de costume, os deputados não só não resolvem nada como geram polémicas espúrias e laterais. Até podem começar por cortar o Carnaval, pois já sabemos o que isso dá. Há dúvidas se perderam o interesse nacional e o bom senso político, mas parecem já nem sequer ter o sentido do ridículo.


 

Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar


*João César das Neves é professor na Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais (FCEE) da Universidade Católica Portuguesa em Lisboa.

 

Publicado no Destak dia 24 de Junho 2010

 

 

 

Comentários (0)

Subscrever RSS deste comentário.

Exibir/Ocultar comentários.

Escreva um comentário.


busy

AVISO: A informação contida neste website foi obtida de fontes consideradas credíveis, contudo não há garantia da sua exactidão. As opiniões aqui expressas são-no a titulo exclusivamente pessoal. Devido à variação dos objectivos de investimento individuais, este conteúdo não deve ser interpretado como conselhos para as necessidades particulares do leitor. As opinões expressas aqui são parte da nossa opinião nesta data e são sujeitas a alteração sem aviso. Qualquer acção resultante da utilização da leitura deste comentário independente do mercado, é da exclusiva responsabilidade do leitor.