Liberty Silver - Moedas de Prata sem IVA

Liberty_Silver_PT

Facebook BI

Domingo,�31 deMaio,�2020

Tecto

cesarneves_Destak

por João César das Neves*

Os Estados Unidos estão à beira da falência. Esta é a informação sensacionalista e falsa que é apregoada.

Há mesmo quem compare a situação americana com a grega ou portuguesa.Um país está falido quando ninguém lhe empresta.

Grécia, Portugal e Irlanda estão reduzidos à ajuda de amigos, o que é mau, mas não falência. Conseguirão evitá-la se endireitarem as finanças antes de acabar a benevolência dos parceiros.Os Estados Unidos têm a maior dívida pública do mundo. Mas, relativamente à dimensão da economia, é menor que a nossa.

Além disso o governo americano não tem dificuldades em contrair empréstimos. O seu problema não é financeiro. É político.Os EUA impuseram uma regra plurianual para as finanças públicas, algo que alguns também querem criar por cá. Trata-se de um tecto na dívida, um montante máximo de endividamento que não podem ultrapassar. Na prática este limite tem pouco impacto, pois já foi subido 16 vezes desde 1993 (The Economist, 23/Jul).Se não reduz a dívida, qual é então a principal consequência da medida?

Sobretudo criar oportunidades para debates, exigências e confusão parlamentar cada vez que os valores se aproximam do limite. É o que acontece agora. O Tesouro bateu no tecto a 16 de Maio e prevê ficar sem fundos a 2 de Agosto. Com o Congresso nas mãos da oposição republicana, o impasse era fácil num diálogo de surdos.Se não houver acordo isso implicará cortes em alguns pagamentos o que, sendo sério, está longe de ser catastrófico. Mas constitui mais um percalço para a frágil economia mundial.

 

 

Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar


*João César das Neves é professor na Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais (FCEE) da Universidade Católica Portuguesa em Lisboa.

 

Publicado no Destak dia 28 de Julho 2011

 

 

 

Comentários (0)

Subscrever RSS deste comentário.

Exibir/Ocultar comentários.

Escreva um comentário.


busy

AVISO: A informação contida neste website foi obtida de fontes consideradas credíveis, contudo não há garantia da sua exactidão. As opiniões aqui expressas são-no a titulo exclusivamente pessoal. Devido à variação dos objectivos de investimento individuais, este conteúdo não deve ser interpretado como conselhos para as necessidades particulares do leitor. As opinões expressas aqui são parte da nossa opinião nesta data e são sujeitas a alteração sem aviso. Qualquer acção resultante da utilização da leitura deste comentário independente do mercado, é da exclusiva responsabilidade do leitor.